terça-feira, 14 de agosto de 2007

Quando bate a saudade,
Em um momento de euforia,
Uma sensação indescritível e incessante.
Sentimentos descontrolados derrubando minha mente,
Me perco nas tarefas,
Paro por alguns instantes:
Preciso voltar!
Retomo meu dever,
Logo ela retornará.

Feliz por sentir,
Triste pela distância.
Seu rosto surge a minha frente,
Sinto seu toque,
Sua voz ecoa...
Olho de novo para frente,
À minha volta lhe procuro,
Um sorriso me escapa.
Aqui você não está,
Mas do meu sorriso não escapará.

Fui encantado pela minha mente,
Que lhe formou em meus pensamentos,
Por enquanto me contento,
Aqui sentado esperando o tempo se rastejar.

4 comentários:

Pildz!! disse...

ahahah tb te incentivo ahuahuahuahu KKKK

Mari disse...

Ser,estar
Ter,falar!
Aqui,sentir
Feliz
Há mais por vir.

Gelado disse...

ahhhh
hahahaha...
eu lhe incentivo pra caralho viu!!!
hahahaa
acho q consegui configurar direito meu blog, depois veja lá pra mim?
bjundas
P.S - Continue em frente!!! heheheheheeh

cristiane disse...

Ahh eu gostei disso que você escreveu ;)
gostei bastante .

Beiijooos

- Criiiis'~