segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Formigas operárias em função da rainha,
Seguindo a vida com o suficiente,
Subordinadas sem raciocinar,
Perspectivas?

Até que algo interessante acontece,
De lá de dentro como rios de lava escorrendo,
De forma que qualquer barreira seria inútil.
Um desejo repentino de alteração,
Quando já se era possível ver o que há lá embaixo,
Surge a determinação pela vitória.
Vencer na vida,
Não ser apenas mais um,
Chega de fracassados,
Disso o mundo já está cheio!

Quando a vitória interior é o objetivo,
A força de vontade urrar,
O desejo de enxergar a luz surgir,
E o ócio não puder mais existir,
As raízes estarão prontas para penetrar na terra,
Fixando em breve essa enorme e milenar sequóia.

2 comentários:

Pildz!! disse...

Tem pessoas que erram até mesmo quando querem acertar... incrível ahuahuhau

Não que esse seja o caso... é apenas uma estratégia isso...

E viva a honestidade e a humildade.

Leila disse...

Oieeee Hélio ... to gostando de ver que está com um novo ânimo!!! mto bom!!!!!!

"De Tudo Ficam Três Coisas:
A certeza de estarmos sempre começando
A certeza de que é preciso continuar
E a certeza de que podemos ser
Interrompidos antes de terminarmos.

Portanto:

Fazer da interrupção um caminho novo,
Da queda um passo de dança,
Do medo uma escada,
Do sonho uma ponte,
Da procura um encontro."

(Fernando Sabino)

Bjuss