sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Aos primeiros raios de Sol,
Quando puder despertar desse sonho,
Chegar o momento de levantar,
Notar que minhas mãos já não mais tocam seu corpo,
Estender seu braço para o lado
E notar que não estou mais na sua cama,
Já estarei longe.

O tempo passou bem rápido,
Difícil crer que já não existe mais a nossa vida,
Agora somos você e eu separadamente.
Os planos não concretizados ficarão para sempre nas nossas lembranças.

Acredite, nunca esquecerei do que senti por você.
Esse sentimento ficará guardado comigo para sempre,
Não quero deixar de gostar de você,
Da pessoa que me fez sorrir mesmo nos piores momentos,
Que me abraçava quando eu queria chorar.

Quero poder sorrir ao me lembrar do seu olhar,
Quando abria os braços para me acolher,
Enxergava no fundo da minha alma,
E me fazia expulsar o que não me fazia bem.

Infelizmente nosso “para sempre” não durou,
As mágoas joguei no fundo do mar,
Da mesma forma que fez com meu coração.
Pesquei-o de volta e ordenei meus sentimentos,
Aqueles sobre você ficarão lá em seu cantinho,
Adormecidos da mesma forma que você em meus braços após um cansativo dia.

2 comentários:

Pildz!! disse...

to impossibilitado de comentar qq coisa hj. auhhau

Leila disse...

Olá mocinho ... nao consegui acompanhar seu blog durante a semana ... mas eu to lendo sempre q posso!!! gostei muito de tudo q vc postou na semana ... depois comento com vc o que achei ... bjos