quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Emudecido fico a imaginar,
O quão inspirada
Estava a natureza ao te criar.
Faltam-me palavras,
Transbordam sensações
Não irei me expressar
Apenas fixo os olhos em ti.

Deitada e linda,
Sobre rosas repousa,
Nem os espinhos te incomodam,
Permanecem intactas as pétalas,
Unindo-se à tua beleza.

Mente paralisada e lisonjeada
Ainda sem palavras,
Apenas sinto o calor do Sol,
A brisa noturna,
O corpo sem peso
E o som do silêncio.

Surge uma lágrima,
Deixo-a correr por sobre minha face,
Tenho a certeza de que não é sonho,
Em plena consciência inconsciente.
E mesmo que não venha a me notar,
Minha vida já pode ser tomada
E liberto, serei eternamente feliz
Por saber que vivi!

6 comentários:

Dá disse...

Simplesmente adoreiii!!!!! Vc realmente escreve muito bem... Parabens!!!! bjss

Baby disse...

Uau que intenso lindinhow...
Esse está sem duvida um dos melhores...
uau rs

beijos e ve se escreve mais!

Paty disse...

nossa..tô abismada..sem palavras..
amei amei amei
não sabia mesmo q vc era poeta
te adoro
saudades
bjs

Emelee disse...

Mellldells..!

Tah shantti..!

Adoro Vc Héliocóptero..1

hIUSHUihsuihUSIHuihsuiHSIUhi

=***

leila_lele disse...

Helinhooo,

Escrever poesias não é um processo lógico ... eh preciso emoção ... eh preciso estímulo ... entao, se vc voltou a escrever ... fiko mto felizzzzz .... isso eh um bom sinal!!!!!! rs ... Vc sabe mto bem que adoro o jeito que vc escreve, nem sempre capto as msgs subliminares.... hehehe ... mas que mtas vezes absorvo seus conselhos das suas poesias, qdo nao te acho no msn!!! hahaha ... entao ... nao páre de escrever!!!! hehe .... Bjusss

Jully disse...

Caraca JApaa..PERFEITOO!!!

ESCREVE MAIS POETAAA!!

UM BEIJOO PRA VC
TE ADORUUROO
*-JULLY*-